Páginas

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

DA VIDA...


Talvez você diga: “bem, minha vida não está exatamente de acordo com as minhas expectativas”.
Se, entretanto, a vida lhe perguntasse: “o que você tem feito por mim?” Qual seria a sua resposta?
Não adianta querer encurtar o caminho: é preciso equilibrar o Rigor e a Misericórdia, disciplina e entrega. Nada acontece sem esforço, nem mesmo os milagres. Para que um milagre ocorra, é preciso ter fé. Para se ter fé, é preciso vencer a barreira dos preconceitos. Para se derrubar barreiras, é preciso coragem. Para se ter coragem, é preciso dominar o medo. E assim por diante.
Vamos fazer as pazes com nossos dias.É preciso não esquecer que a vida está do nosso lado. Também ela quer melhorar.
Vamos ajudá-la.
Paulo Coelho

DA LAMA...


As pessoas repararam que o rabino Shelomo vivia agora passeando pelos lugares de péssima fama. Os fiéis começaram a pensar que havia abandonado de vez a busca espiritual, e agora só desejava divertimento.
As conversas circularam, e ninguém mais ia a sinagoga. Um rapaz resolveu advertir o rabino: “o senhor freqüenta lugares suspeitos, e as pessoas não gostam disto”.
O rabino respondeu:”Se você quer tirar um homem da lama, não basta estender a mão de longe, porque os braços são curtos demais. A única solução é também entrar na lama, segurá-lo com firmeza, e puxá-lo para fora. É isto que estou fazendo, e minha tarefa é mais importante que a hipocrisia dos falsos devotos”.
Paulo Coelho

PREOCUPAÇÕES...


As vezes nos ligamos em coisas tão pequenas, que perdemos a direção das coisas importantes.
São situações corriqueiras que nos incomodam demais, levam à discussões inúteis que por vezes chega a machucar.
Guardamos mágoas, levamos rancores, ficamos de mal, tudo em nome de um "orgulho besta" que nem sempre,
admitimos, pois "nos achamos" superiores, livres dos males do mundo.
Quanta pretensão, não é mesmo?
Por isso, é importante assumir as nossas fraquezas, sentimos tudo o que os outros também sentem, raiva, ódio, inveja, desprezo, nojo, tristeza, alegria, orgulho, certezas e dúvidas, tudo que é próprio do ser humano.
E isso é natural...
Lógico que estamos aqui para evoluir, e aprendemos, seja pelo amor, ou pela dor, que os sentimentos mesquinhos,
nos levam ao isolamento, ao sofrimento inútil.
Por isso: concentre-se no bem que possa ser feito, na palavra que pode ser bem-dita, no abraço fraterno que consola e encerra discussões, no amor que podemos desenvolver por qualquer pessoa, na admiração que podemos ter por nós mesmos, na certeza de que somos espelhos, evangelizadores através dos nossos atos e atitudes.
Por isso, preocupe-se com você!
Não se descabele por situações que não mudam.
Mude você!
Paulo Roberto Gaefke

REVERTA...


De um sentimento negativo, faça uma plataforma, um movimento em prol de você mesmo.
Reverta o desânimo, acreditando na vida, reverta o desespero, buscando soluções, reverta o medo, insistindo na verdade, reverta o ódio, vivendo plenamente o amor, reverta a soberba, pratique a humildade, reverta a obesidade, comece uma mudança de estilo, reverta a doença, viva a saúde, reverta a dor, sorria, reverta a tristeza, envolva-se com o bem, reverta a solidão, seja solidário, reverta a decepção, tenha bons olhos, reverta a própria morte, seja a eternidade, reverta a falta de fé, reconcilie-se com o Criador, reverta a falta de rumo, encontre-se, reverta a perda, recomece!
Um novo dia se aproxima, e somente os vitoriosos vão perceber as oportunidades. Que você veja a luz, que se encante com o tempo de plantar, creia na possibilidade de se dar uma nova chance, uma nova direção, revertendo até o improvável, nesse novo caminho, onde só há o tempo que não se mede nem com passos e nem com idade, a única medida válida é a felicidade.
Seja feliz!
Paulo Roberto Gaefke
P.S.: Para ler o texto da imagem, click sobre a mesma.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

NOSSOS CONTRÁRIOS...


Quando a serenidade se vai, o desespero toma conta.
Quando a paciência deixa de existir, a ira se torna conselheira.
Quando o amor não resiste, o ódio se instala, seca a alma.
Quando a gentileza não aparece, as disputas se fortalecem.
Quando todos querem ter razão, a guerra é a única saída.
Quando a preguiça é mais forte, o trabalho se perde.
Quando a boca se abre para reclamar, deixamos de fazer o que deve ser feito.
Contrários que convivem em nós, somos da paz, mas brigamos por nada, somos da justiça, e enforcamos alguns deveres, somos da fraternidade do amor, e por vezes desprezamos nossos semelhantes, somos luz, e muitas vezes andamos nas trevas.
Queremos tanto a felicidade, que as vezes causamos a infelicidade de outros.
Sonhamos com o relacionamento perfeito, e brigamos por quase nada...
Nossos contrários nos aproximam do que precisamos transformar, é o nosso espelho da alma mostrando o que precisamos melhorar.
Infelizmente, nosso orgulho às vezes nos cega, e o que pensamos ser uma qualidade, é o nosso maior defeito,
é o que nos impede de caminhar, de prosperar e de conquistar.
Não tenha medo de mudar!
Comece pelo mais simples; sorria mais, aborreça-se menos, contente-se com o que lhe chega ás mãos, agradeça mais. Não leve nem a vida, nem as pessoas tão a sério, apenas faça bem feito, para ter a consciência tranquila de ter dado o seu melhor.
"O mundo é sementeira; colhe-se aqui o que foi plantado.
Que semente você tem espalhado pelo chão da sua vida?"
Paulo Roberto Gaefke

SUPERAÇÃO DE VELHOS HÁBITOS...


Um paciente de 32 anos procurou o terapeuta Richard Crowley:
- Não consigo parar de chupar o dedo - disse.
- Não ligue pra isto
- respondeu Crowley.
- Mas chupe um dedo diferente a cada dia da semana.
A partir deste momento, o paciente - toda vez que levava a mão à boca - era instintivamente obrigado a escolher o dedo que devia ser objeto de sua atenção naquele dia.
Antes que a semana terminasse, estava curado.
Quando o mal torna-se um hábito, fica difícil lidar com ele - conta Richard Crowley.
- Mas, quando ele passa a nos exigir atitudes novas, decisões, escolhas, então temos consciência de que não vale tanto esforço.
Paulo Coelho

DO DESPERTAR...


- Tenho feito o melhor. Tenho procurado me esforçar para estar sempre ajudando meu próximo. Entretanto, ninguém parece me dar valor - disse o discípulo ao mestre.
Os dois foram até o campo. Ali, no meio do trigal imenso, havia uma papoula solitária.
- Para quem ela se mostra?
- perguntou o mestre.
- Para onde estão voltadas as suas pétalas?
- Para o céu - respondeu o discípulo.
- Como é bela!
- Você dificilmente veria sua beleza no meio do trigal - disse o mestre. - Ela não pensa na admiração do viajante que passa ao acaso; está vivendo sua missão, que é ser uma papoula.
“Mas o sol a vê todos os dias, lhe dá sua luz generosa. Da mesma maneira, Deus vê os esforços do homem, e derrama suas bençãos sobre ele”.
Paulo Coelho

A MANEIRA DE REZAR...


Um lavrador com a esposa doente encomendou uma série de preces a um sacerdote budista. O sacerdote começou a rezar, pedindo que Deus curasse todos os enfermos.

- Um momento - interrompeu o lavrador.
- Eu pedi para que rezasse por minha esposa e o senhor pede por todos os doentes.
- Estou rezando por ela.
- Mas pede por todos. Pode terminar beneficiando o meu vizinho, que está doente também. E eu não gosto dele!
- Você não entende nada de curas - disse o monge, afastando-se.
- Ao rezar por todos, estou unindo minhas preces às de milhões de pessoas que encontram-se agora pedindo por seus doentes. Somadas, estas vozes chegam até Deus e beneficiam a todos. Divididas, elas perdem sua força e não chegam a lugar nenhum.
Paulo Coelho

QUANDO VOCÊ SENTIR "MEDO"...


Eu tinha quarenta e poucos anos. Ela era minha amiga e eu estava fazendo o que achava necessário para preservar nossa amizade. Mas eu me sentia como se tivesse cinco anos, com medo de que, se não fizesse o que ela desejava, ela deixaria de gostar de mim. Ela não fazia por mal, pois tambem estava dominada por seus medos infantis. É na infância que aprendemos sobre o medo. Como lidar com ele, como camuflá-lo, como funcionar debaixo da pressão que ele exerce, como fugir dele. Como diria minha amiga Rene Kiser, “dentro da minha cabeça eu estava sozinha, sem a companhia de um adulto”, tentando salvar aquilo que eu achava ser essencial para minha sobrevivência. Ao tentar manter a amizade, criei o mais completo caos nas minhas finanças e nos meus relacionamentos familiares e amorosos. Ao final, a amizade mudou drasticamente e essa pessoa saiu da minha vida.
São poucos os que realmente tentam compreender o número de máscaras e disfarces usados pelo medo. Aprendi, da maneira mais difícil, que o que eu chamava de “ser uma boa amiga” era puro medo. Medo de perder o controle. Também aprendi que o que eu chamava de prudência, ao protelar as decisões, era medo – medo do fracasso e do sucesso misturados numa só coisa. Depois de várias experiências, descobri que quando eu exclamava indignada, “Olha só o que fizeram comigo!”, na verdade estava sentindo medo. Medo de não ser capaz. Medo que descobrissem a verdade a meu respeito. O medo tem tantos disfarces inteligentes, que é quase impossível reconhece-lo a todo instante. O que podemos fazer, no entanto, é abraça-lo. Torná-lo um aliado, em vez de um inimigo.
Quando nos pedem que façamos algo que não nos achamos dignos ou capazes de fazer, não é o medo a primeira emoção que sentimos? Medo do abandono. Medo do ridículo, da desvalorização, da humilhação. Medo de que alguém deixe de nos amar. Como não queremos nos sentir assim, negamos o que sentimos. “Não estou com medo, só não quero me casar com você” “Não estou com medo, estou sem um tostão furado!” “Não estou com medo, estou excessivamente ocupado”. Não nos damos conta de que a única forma de lidar com o medo é amando-o.
Da próxima vez que seu estomago der cambalhotas de tanto medo, não negue, fingindo que esta tudo bem. Sussurre bem baixinho: “Conheço você, medo, e sei exatamente o que quer. Mas hoje não estou com vontade de lidar com você”. No instante em que se der conta de que esta sob o poder do medo, não tente escapar. Relaxe. A verdade nos liberta.
Iyanla Vanzant

O TESTE...


"Passe para alguém que você gosta e que precisa de um "chacoalhão" para o Despertar!"

As energias estão ai, para quem quiser ver, pode excomungar, pode berrar, dizer que não existe, mas se você pegar nos fios da tomada sem proteção, vai receber um tranco tão grande que vai acordar!
Você não ouve, mas por onde você anda, milhares de vozes circulam ao seu redor, e para provar, basta sintonizar um rádio, ligar um aparelho de televisão, e até mesmo o seu celular e as vozes tornam-se claras...
Energias que vemos e energias que não vemos, todas elas tem uma coisa em comum: "são atraídas pela mesma frequência!"
Ou seja, o que você pensa o dia inteiro, é o que vai atrair para a sua vida.
Quem só fala de assaltos, de crimes, é a maior vítima desse tipo de problema.
Quem só pensa nas contas à pagar, vive atolado de dividas.
Quem acredita que o amor é utopia, só namora "tranqueira", nada dá certo.
Quem inveja alguma coisa de alguém, quase sempre fica sem ter aquilo.
Pode fazer o teste:
Passe uma semana sorrindo, acreditando nas suas potencialidades, sem pensar nos problemas da casa, sem pensar na pilha de contas para pagar, imaginando o dinheiro entrando, a paz no seu lar, levando flores para casa, construindo o seu mundo azul.
Não tem erro!
Em pouco tempo você estará vivendo a abundância, as coisas boas vão te perseguir.
Experimente!
Não desista de ser feliz, esconda aquela "hiena" duvidosa, que de vez em quando baixa em todo mundo, e viva a certeza de que o mundo tem muita coisa boa, para mim, para você e para todo mundo que resolver, que "a vida é o maior presente, e o futuro será da cor que você pintar o dia de hoje."
Paulo Roberto Gaefke

APOSTANDO...


"Você pode aprender com o passado, mas não pode viver nele."
(Gary Thompson)


Qual é o seu problema?
Estava esperando alguma coisa fácil desta vida?
Estava confiando cegamente em outro ser humano e quebrou a cara?
Estava aguardando uma promessa ser cumprida ou o socorro de um parente?
Quebrou a cara né?
Também, olha só o que você foi fazer, entregar seus sonhos, desejos e perspectivas nas mãos de outra pessoa, como eu, como você, que somos cheios de falhas. Todos nós, e eu disse todos sem tirar ninguém na lista global, desde o mais humilde indígena ao mais amado ser espiritual da Terra, todos, estão sujeitos as mesmas leis e portanto vão cometer erros, vão falhar, vão vacilar nesse ou naquele quesito, porque ninguém é perfeito, se fosse não estaria aqui neste planeta...
Isso não é para você passar a desconfiar de todo mundo, é simplesmente para que você acredite cada vez mais em você, que você aprenda a amar esse ser maravilhoso que habita em você, que pode ser tão bom, tão maravilhoso quanto qualquer outro ser.
Entende isso?
A partir do momento que você descobre que pode fazer praticamente tudo neste mundo e que algumas coisas, ou pelo menos uma coisa, faz melhor que muita gente, você descobre a chave que garante a sua integridade como gente, e nunca mais (olha que nunca mais é tempo pra caramba), alguém irá te magoar a ponto de você ficar chorando pelos cantos, como se você fosse a última pessoa da face da Terra.
Você não é o vaso da sala, nem o brinquedinho de ninguém!
Valorize-se!
Pode apostar em você!
Pode acreditar em você!
Porque você vai sempre fazer o melhor para o seu bem estar.
Se falhar, foi por querer demais acertar e ser feliz, e isso tem um valor enorme perante o Universo.
Vamos lá?
O futuro te espera, e ele começa a ser criado agora.
Paulo Roberto Gaefke

domingo, 25 de janeiro de 2009

TESE DE GUERDJEF...


Tese de um pensador russo chamado Guerdjef, que no início do século passado já falava em auto-conhecimento e na importância de se saber viver.
Dizia ele: “Uma boa vida tem como base o sentido do que queremos para nós em cada momento e daquilo que, realmente vale como principal”.
Assim sendo, ele traçou 20 regras de vida que foram colocadas em destaque no Instituto Francês de Ansiedade e Stress, em Paris.
Dizem os “experts” em comportamento que, quem já consegue assimilar 10 delas, com certeza aprendeu a viver com qualidade interna. Ei-las:


1. Faça pausas de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo.
Repita essas pausas na vida diária e pense em você, analisando suas atitudes.

2. Aprenda a dizer não sem se sentir culpado ou achar que magoou. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.

3. Planeje seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de você.

4. Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, você se exaure.

5. Esqueça, de uma vez por todas, que você é imprescindível. No trabalho, casa, no grupo habitual. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem a sua atuação, a não ser você mesmo.

6. Abra mão de ser o responsável pelo prazer de todos. Não é você a fonte dos desejos, o eterno mestre de cerimônias.
7. Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.

8. Diferencie problemas reais de problemas imaginários e elimine-os porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.

9. Tente descobrir o prazer de fatos cotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem também achar que é o máximo a se conseguir na vida.

10. Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias enquanto ansiedade e tensão. Espere um pouco e depois retome o diálogo, a ação.

11. Família não é você, está junto de você, compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade.

12. Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso, a trave do movimento e da busca.

13. É preciso ter sempre alguém em que se possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de cem quilômetros. Não adianta estar mais longe.

14. Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco, de deixar a roda. Nunca perca o sentido da importância sutil de uma saída discreta.

15. Não queira saber se falaram mal de você e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento.

16. Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é ótimo … para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.

17. A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.

18. Uma hora de intenso prazer substitui com folga 3 horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono. Logo, não perca uma oportunidade de divertir-se.

19. Não abandone suas 3 grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé!

20. E entenda de uma vez por todas, definitiva e conclusivamente: VOCÊ É O QUE SE FIZER SER!

QUANDO VOCÊ SENTIR DÚVIDA...


É um fato cientificamente comprovado que dois objetos não podem ocupar o mesmo espaço.
Essa teoria se aplica às mentes e aos corações dos seres humanos.
Onde há confiança, a dúvida não pode se instalar. No momento em que a dúvida entra, a confiança desaparece.
Ninguém pode acreditar e duvidar ao mesmo tempo. Acreditar é saber, compreender e aceitar uma verdade que não muda nem pode ser alterada.
Onde existir uma confiança total e inquestionável na verdade não poderá haver dúvida.
A dúvida penetra na consciência e invade a mente quando esquecemos e não confiamos na verdade da lei divina.


A dúvida cresce quando nos apegamos aos resultados e só investimos neles. Quando decidimos que as coisas devem ser de uma forma determinada, passamos a duvidar de que conseguiremos o que desejamos. A dúvida é fruto de nossas crenças, quase sempre causadas pelo fato de pensarmos e sentirmos que não somos dignos. Quando achamos que não somos dignos de ter o que desejamos, duvidamos que possamos recebê-lo. A dúvida é também causada pela necessidade de controlarmos as situações. Para exercer tal controle, precisamos saber tudo a respeito de tudo. Fixamos a vista num resultado específico e numa forma determinada de atingir este resultado. Quando começa a parecer que nossos planos estão dando errado, a reação natural é o medo, ingrediente principal da dúvida. Quando há necessidade de controle, a dúvida se manifesta sob forma de preocupação. A preocupação é descendente direta da necessidade de ter controle.
Precisamos nos dar conta de que não podemos ver tudo. Não sabemos tudo. Mais importante, precisamos compreender que é impossível controlar qualquer coisa. O processo da vida é espiritual, governado por leis e principios espirituais, invisíveis e intangiveis. Quando estamos sintonizados com essas leis e princípios, sentimos a ação do resultado natural dessas leis. As leis fazem com que a vontade de Deus se manifeste. Essa vontade é para o bem de todos. Quando compreendemos e abraçamos essa verdade, não há motivos para dúvidas. Sabemos que não importa como esteja a situação, o resultado final será bom.
Atraímos para as nossas vidas as coisas nas quais nos concentramos mais. Infelizmente, poucos têm consciencia dos próprios pensamentos, e muitos não se dão conta do que estão pensando a maioria do tempo. Mesmo quando fazemos planos e nos concentramos no que desejamos, avaliamos nossos avanços apenas através das provas físicas. Quando acontece algo inesperado, duvidamos de nós mesmos e de nossos avanços. Isto faz com que a semente da dúvida se instale, fazendo-nos ficar tão preocupados em consertar o que parece ter dado errado, que nossos pensamentos se afastam do resultado desejado. Passamos a nos concentrar intensamente em garantir que nada dê errado. Em última instância, este enfoque se transformará na única coisa que tememos: não atingir o resultado desejado.
A melhor maneira de se defender contra a dúvida é rezando e afirmando constantemente a verdade sobre nós mesmos e sobre a vida. Rezar pedindo orientação e acreditar que a receberemos sintonizará nossas ações com a vontade Divina. Afirmar o que somos e desejamos colocará em movimento os principios espirituais de ordem e do tempo divinos. Nós sempre recebemos exatamente o que precisamos, quando precisamos, até mesmo quando não temos consciencia de precisar. Aprender a viver sem ter de avaliar cada acontecimento ou situação, permanecer concentrados no desejo do bem, elimina o crescimento da dúvida na mente consciente. Quando esperamos receber orientação, proteção e os benefícios da Vonatde Divina, podemos ter certeza de que todo o resultado do empenho será para o nosso bem.
Iyanla Vanzant

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

HÁ COISAS BONITAS NA VIDA...


Há coisas bonitas na vida.
Bonitas são as coisas vindas do interior, as palavras simples, sinceras e significativas.
Bonito é o sorriso que vem de dentro, o brilho dos olhos...
Bonito é o dia de sol depois da noite chuvosa ou as noites enluaradas de verão em que todos saem de casa.
Bonito é procurar estrelas no céu e dar de presente ao amigo, amiga, namorado...
Bonito é achar a poesia do vento, das flores e das crianças.
Bonito é chorar quando se sentir vontade e deixar que as lágrimas rolem sem vergonha ou medo de crítica.
Bonito é gostar da vida e viver do sonho.
Bonito é ser realista sem ser cruel, é acreditar na beleza de todas as coisas.
Bonito é a gente continuar sendo gente em quaisquer situações.
Bonito é você ser você.
Letícia Thompson

PORQUE É AMOR...


Há dias em que nem nos reparamos, de tão preocupados com os outros.
Há dias em que não nos encontramos, diante das dificuldades, por vezes fugimos, e para isso bebemos, fumamos, nos dopamos...
Há dias em que não nos entendemos, saímos de casa para falar sim, e no meio do nada dizemos não.
Há dias em estamos insuportáveis, nem nós mesmos nos aguentamos são dias de cobranças de todas às partes, até de nossos entes mais queridos.
Explodimos, gritamos, ficamos de mal...
Felizmente, há dias em que nos amamos, estamos de bem com as pessoas e com a vida, principalmente quando estamos apaixonados.
E assim, o dia de chuva tem seus encantos, o calor exagerado é perfeito, as pessoas chatas, são apenas pessoas chatas, os problemas são dificuldades que vamos resolver, a doença é apenas um dia de cama, a esperança é o nosso motor, o mundo tem flores, perfume e uma razão de ser, e nós, nós somos apenas a certeza de que amar é bom,
de que a vida vale a pena em cada novo dia, porque o amor nos torna melhores, quase perfeitos, serenos, delicados,
com um brilho no olhar que não esconde, antes, revela, porque é amor, o que temos de melhor, a infinita capacidade de amar e recomeçar, sempre!
Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

ESTAÇÕES...


Se a vida é consequência dos nossos desejos, deduz-se, deveria ser um mar de rosas, afinal de contas, quem em sã consciência deseja algo de mal para si mesmo?
Todavia, vemos diariamente um "mundaréu" de gente sofrendo, uns de maneira cruel pela falta de tudo:
saúde, alimentação, mal congênitos, miséria absoluta, e outros, com problemas de aceitação pessoal, lunáticos, depressivos, obsessores e obsediados, gente que tem tudo o que outros gostariam de ter, menos a satisfação das conquistas.
Onde encontrar então, a tal felicidade?
Será utopia ou Shangri-la distante?
Parece que os homens resolveram seguir uma viagem sem fim, cujo destino, a tal da Felicidade, é um ponto que não se encontra.
Por isso, tantos conflitos, abusos no consumo; comemos, bebemos, fumamos, corremos demais, temos pouco tempo para a reflexão, parece que fugimos da realidade, temos medo de encontrar "nós mesmos" na próxima esquina.
Pense!
Onde você anda colocando a sua felicidade?
Qual é esse sonho que você não alcança, que dor é essa que não sai do seu peito, esse choro contido que "vaza" quando você menos espera?
Que desejo é esse de ter, consumir, ostentar, mandar, dirigir vidas, consertar pessoas?
ESVAZIE-SE!
Entenda de uma vez por todas que a vida pede equilíbrio, tudo tem um preço, mesmo os sentimentos mais valiosos,
não se deixe levar pelas aparências, eleja a simplicidade como modo de vida, comemore cada conquista, por mais simples que possa parecer.
São os seus olhos que vão te guiar até a Felicidade, que agora, deixa de ser um ponto distante, para ser a próxima rodoviária, que fica ai mesmo, na sua casa!
Seja Feliz!
Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

FAMILIA MUNDIAL...


Família é tudo!
Mas nem sempre os familiares formam uma família.
Por vezes, encontramos amigos que são verdadeiros irmãos, desconhecidos que se tornam "pais" extremados, profissionais que criam laços de afeto para sempre, gente que se afina mais com a gente, do que nossos próprios parentes.
Por isso, não insista em consertar o que não tem conserto, se a sua família vive em desavença e você não é o causador dessas "brigas", ore por todos e siga seu caminho.
Construa a sua família no mundo, seja o melhor amigo, o melhor conselheiro, o que apoia até os desconhecidos,
o profissional inesquecível, aquele que está sempre pronto para ajudar, na medida das suas possibilidades.
Seja família para alguém.
Deixe de ser apenas mais um ser humano, e passe a ser ponto de referência para outras pessoas.
Seja um Ponto de Luz.
Você vai estar se adiantando ao tempo, pois tempo virá em que o homem, depois de tantas guerras e discussões inúteis, derrubará todas as fronteiras, pois a verdade surgirá como um clarão, que nós em nossas diferenças, somos todos irmãos.
Paulo Roberto Gaefke

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

O TEMPO CERTO...


De uma coisa podemos ter certeza: de nada adianta querer apressar as coisas.
Tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto.
Mas a natureza humana não é muito paciente.
Temos pressa em tudo!
Aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca, por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo.
Mas alguém poderia dizer: - Mas qual é esse tempo certo?
Bom, basta observar os sinais.
Geralmente quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do cotidiano,
enviarão sinais indicando o caminho certo.
Pode ser a palavra de um amigo, um texto lido, uma observação qualquer.
Mas com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa!
Basta você acreditar que nada acontece por acaso!
E talvez seja por isso que você esteja agora lendo essas linhas.
Tente observar melhor o que está a sua volta.
Com certeza alguns desses sinais já estão por perto,
e você nem os notou ainda. Lembre-se que o universo,
sempre conspira a seu favor, quando você possui um objetivo claro.

O PODER DO ENTUSIASMO...


Entusiasmo é acreditar na nossa capacidade de fazer as coisas acontecerem, de darem certo, de transformar a natureza e as pessoas.
Não espere ter as condições ideais para se entusiasmar.
Nós é que temos que transformar a nossa vida numa Vida Entusiástica.
Não é a realidade da vida que tem que nos entusiasmar, nós é que temos que entusiasmar a realidade da nossa vida!
Nós é que temos que entusiasmar nossas idéias...

"DICAS PARA SE VIVER ENTUSIASTICAMENTE"

1- Afaste-se das pessoas e dos fatos negadores e negativos.
Se você se deixar envolver por um ambiente negativo, você vai se transformar numa pessoa negativa.

2- Acredite nos seus "insights" positivos.
Os vencedores são aqueles que acreditam nas suas idéias.

3 - Não reclame constantemente.
Quando a gente reclama muito, se habitua a reclamar cada vez mais e acaba se transformando numa pessoa azeda.
É insuportável conviver com pessoas que só vivem se queixando!

4- Cultive a alegria e o bom humor... Aprenda a sorrir!

Terapia do Riso :

Habituar-se a sorrir, a achar graça de si mesmo.
O sorriso tem um efeito poderoso em nossa vida; as pessoas que zombam dos próprios erros, são mais felizes e mais fortes.

5- Ilumine seu ambiente de trabalho e da sua casa. A escuridão traz a depressão!
O ambiente determina a condição funcional em que as pessoas agem e fazem as coisas ocorrerem.

6- Seja alguém disposto a colaborar com os outros.
Sempre ache uma maneira de participar!
Traga as pessoas mais próximo de você.
Participe, converse com as pessoas com as quais convive.
Interesse-se pelas pessoas à sua volta!

7 - Surpreenda as pessoas com "momentos mágicos".
Contagie os outros... Faça com que ao entrar num ambiente, as pessoas se contagiem com a aura de entusiasmo que envolve você!

8 - Faça tudo com sentimento de perfeição.
Faça as coisas com vontade de fazer! Não faça nada pela metade!
Faça as coisas com desejo de acertar e de criar o mais correto possível!

9 - Ande bem vestido, limpo e perfumado.
Tenha orgulho da sua imagem.
Gostar de si próprio, mantendo a auto-estima, é fundamental para o Entusiasmo.

10 - Aja prontamente. Faça agora!

Não postergue, não deixe para amanhã.
Quando tiver alguma coisa para fazer, faça imediatamente.
Sentiu que é o momento certo?
- Aja! ! !
"ENTUSIASMO SIGNIFICA TER DEUS DENTRO DE SI."
Descubra o entusiasmo na Vida!
Seja capaz de transformar as coisas e fazê-las acontecer.
Não espere as condições ideais, faça o Entusiasmo ocorrer pela crença de que você é capaz de realizações eficazes e de...
VENCER OBSTÁCULOS ! ! !

DIFERENÇAS NÃO SÃO DEFEITOS...


Sendo cada ser humano único e diferenciado, só existe um modo de possibilitar a vivência a dois: o conhecimento e o respeito das diferenças de cada um, que precisam ser aceitas e ajeitadas pelo casal. Só assim a riqueza das diferenças do casal pode criar algo novo e especial na relação.
Se duas pessoas são distintas, pensam de modos diferentes e atuam em estilos diversos, sua união pode oferecer mais alternativas e maiores possibilidades, já que a soma das experiências e características do casal é bem maior do que seria, caso eles fossem muito parecidos.
É comum os dois desejarem coisas diferentes, simultaneamente. Pode ser que um queira comprar novos móveis e o outro fazer uma viagem. Em vez de ficar dizendo um ao outro que o desejo dele é bobagem, é muito mais eficaz organizar o orçamento familiar, de forma a conseguir atender aos dois.
Não adianta querer convencer o outro de que a vontade dele é desnecessária e sem razão, porque isso vai acabar gerando insatisfação e produzirá focos de conflitos em outras áreas.
É fundamental termos claro, em nossas mentes, as coisas em que somos diferentes um do outro e o que é de real importância modificarmos, para que o relacionamento não apenas sobreviva, mas seja um crescer contínuo.
É importante saber que o limite que cada um de nós tem hoje, tanto poderá ser mantido, como poderá evoluir e aumentar as possibilidades de aceitação e mudança. Isto será um passo à frente do ponto de equilíbrio, em busca do encontro com o amor.
Mas se você usa a fórmula de encontrar defeitos nas outras pessoas para livrar-se de situações embaraçosas, que você não quer enfrentar, pergunte-se como estará daqui a dez anos se continuar com esta conduta.
Por acaso, para dissolver qualquer tipo de vínculo amoroso, você começa a colocar defeitos no parceiro ou então procura outra pessoa, fora da relação, para servir de “carona”? Caso você queira evitar intimidades e se esquivar de uma entrega à alguém, a solução mais fácil é encontrar defeitos. Isso porque, se o outro tem muitos defeitos, você se sente especial, com mais qualidades, e assim, está se valorizando à custa dos defeitos dele.
Não necessitamos destruir ninguém para sermos livres, valorizar-nos, ou para decidir se é bom ou ruim nos entregarmos inteiramente a alguém.
Geralmente a pessoa que põe defeito no outro guarda uma tristeza, lá do passado. Possivelmente, alguém a criticava muito quando criança. A maior parte dos nossos comportamentos são aprendidos, e muito do que se considera defeito, na verdade, é apenas diferença.
Quando duas pessoas estão empenhadas em manter uma relação saudável e gratificante, ambas fazem mudanças e concessões. Uma das coisas mais importantes, e lamentavelmente raras na relação, é perceber que o outro mudou. Os dois mudam e crescem juntos, ou a mudança e o crescimento apenas de um vai ameaçar muito o ponto de equilíbrio do outro. Portanto, é básico, na caminhada para o amor, que o casal programe seus passos o mais próximo possível um do outro.
Roberto Shinyashiki

JOVENS E JOVENS...


A juventude, os jovens de modo geral, têm sido assunto constante nos noticiários atuais.
Fala-se das jovens adolescentes que engravidam prematuramente...
De jovens perdidos no lodaçal dos vícios...
De jovens que põem fogo em índios e mendigos...
De jovens tresloucados, que se arrebentam em acidentes violentos nas competições ilegais, chamadas "rachas".
Quando lemos ou ouvimos tais informações, ficamos chocados com tantos desatinos e logo imaginamos o que será do futuro da Terra, se a juventude está perdida.
Todavia, os olhos e ouvidos interessados, podem ler ou ouvir vez que outra, uma tímida notícia de jovens que se dedicam com fervor ao bem geral.
São jovens cientistas premiados pelos esforços dedicados em busca de melhor qualidade de vida para enfermos anônimos...
Jovens que se entregam de corpo e alma às artes, exaltando o bem e o belo.
Com habilidade extraem sons melodiosos dos teclados...
Com graciosidade cantam, dançam, fazem acrobacias nas quadras esportivas...
Jovens saudáveis que dedicam o tempo a distrair e alegrar pessoas idosas e enfermas enclausuradas em velhanatos...
Adolescentes que se chocam com a miséria do próximo e envidam esforços para minorar-lhes o sofrimento...
Tantos são os jovens que são arrimo da família. Que trabalham de sol a sol na lavoura, regando com o próprio suor a terra generosa de onde retiram o sustento...
Jovens médicos que, com mãos hábeis, fazem cirurgias extraindo tumores dos corpos, sem deixar vazio o coração dos pacientes desesperados.
Jovens que, apesar de conquistarem a fama, não se permitem a promiscuidade nem se prestam a promover produtos que incitam aos vícios nem aos desregramentos na área da sexualidade.
Jovens que falam do Cristo e buscam viver Seus ensinos..
Como podemos perceber, há jovens e jovens...
Se o bem fosse mais divulgado, certamente seria imitado e adotado como postura por tantos jovens indecisos, inseguros, que acabam se decidindo pela maioria, ou pelo que pensam ser a maioria.
Assim, tenhamos a certeza de que a juventude não está perdida e que o futuro já está acontecendo hoje, com essa força juvenil saudável e entusiasta, capaz de derrubar as estruturas apodrecidas da sociedade em que vive e fortalecer os costumes sadios e promissores vigentes.

Ser jovem é não ter cumplicidade negativa com o passado. É não se deixar contaminar pelos hábitos viciados de outras gerações.
Ser jovem é viver com entusiasmo, semeando alegria com discernimento.
A juventude é a primavera da vida, e jovem sem entusiasmo é como uma flor sem perfume, que tende a ser derrubada pelos primeiros ventos do inverno.
Portanto, o jovem para ser feliz, deve erguer bem alto a bandeira da solidariedade, da fraternidade e da verdadeira liberdade, que é a paz da consciência tranqüila.

LEILÃO DE JARDIM...


Quem me compra um jardim com flores?
Borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis nos ninhos?
Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da Primavera?
Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?
E o grilinho dentro do chão?
(Este é o meu leilão)
Cecília Meireles

DRIBLANDO A VIDA...


Mesmo que tentem me derrubar com críticas e agressões, com as sete vidas de um gato, salto mais alto e continuo acreditando no meu valor.
Julgamento é subjetivo e qualidade só pode ser apreciada por quem a tem.
Mesmo que não reconheçam o que faço de bom, como um esperto cachorrinho de madame, saio na rua de cabeça erguida e quando me perturbam muito, faço de conta que nem é comigo.
Mesmo que aquela pessoa tão especial em minha vida não me ame mais ou do jeito que sonhei...
Sem problema!
Vou namorar em outra praia, continuar vivendo... e muito bem!...
Mesmo nos momentos difíceis, em que lágrimas nublam meus olhos e não me deixam andar, dou um tempo...
Depois da tempestade, corro atrás da alegria, pelos bons ventos que o destino soprar.
Mesmo debaixo de chuva ou de sol, estou aí, com braços abertos para dar carinho a quem amo e abraçar o melhor que a vida tem pra dar.
E com DEUS a guiar meus passos, sem medo e sem pressa, mais confiante do que nunca, vou driblando essa vida.
Angela Moura

VOCÊ É FATO...


Você não é um boato.
Você é um fato, é realidade, é a vida em plenitude, é a perfeição da natureza, ainda que traga algum defeito físico,
você é a definição da beleza.
Por isso, não amplie os seus problemas, pare de ficar contando desgraças, carregando "corvos sinistros" por onde anda. Quem olhar para você com essa carga vai correr.
Entende?
Vire o disco!
Se perguntarem: tudo bem?
Responda que sim, que a cada dia você vai melhor.
Assim, você se contagia e contagia as pessoas.
Então você vai começar entender:
porque Banco só empresta para quem já tem dinheiro, porque as pessoas querem ficar ao lado de quem está bem,
porque os hospitais estão cheios de pessoas enfartadas pelo "mau-humor".
Hoje é aquele dia em que chutar o "pau da barraca" significa acreditar em suas capacidades, nas possibilidades que o mundo oferece, para quem vê oportunidades em meio a crise, prédios onde os outros enxergam só os destroços,
escolas em terrenos baldios, lan-house em meio ao bairro pobre, lavanderia em apenas um tanque, doceria apenas com alguns pedaços de bolo.
Os visionários conquistam o mundo porque não tem tempo para reclamar.
Preferem começar, fazer alguma coisa, e assim, vencem a si mesmos.
Paulo Roberto Gaefke

domingo, 18 de janeiro de 2009

PROVÉRBIOS DOS POVOS...


“Ao término do jogo, o rei e o peão voltam para a mesma caixa.”
(Provérbio Italiano)

"De que adianta correr quando estamos na estrada errada?“
(Provérbio Alemão)

"Há cinco degraus para se alcançar a sabedoria:
calar, ouvir, lembrar, agir, estudar."
(Provérbio Árabe)

“Quem estuda e não pratica o que aprendeu, é como o homem que lavra e não semeia”
(Provérbio Árabe)

“Só se atiram pedras em árvores carregadas de frutas.“
(Provérbio Árabe)

"Na árvore do silêncio está o fruto da segurança."
(Provérbio Árabe)

“Quando as armas estão prontas, o bom senso vai embora.”
(Provérbio Árabe)

“A árvore quando está sendo cortada, observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira.”
(Provérbio Árabe)

“Tudo o que acontece uma vez, pode nunca mais acontecer ...
mas tudo o que acontece duas vezes,
acontecerá certamente uma terceira.”
(Provérbio Árabe)

“Ser pedra é fácil, difícil, é ser vidraça.”
(Provérbio Chinês)

“Ninguém experimenta a profundidade de um rio com os dois pés.”
(Provérbio Africano)

“Pouco se aprende com a vitória,
mas muito com a derrota.”
(Provérbio Japonês)

“Tropeçamos sempre nas pedras pequenas,
as grandes logo enxergamos.”
(Provérbio Japonês)

sábado, 17 de janeiro de 2009

COISAS ESQUECIDAS...


Coisa boa é o tempo de namoro.
Tempo quando sentimos que somos importantes.
O outro preocupa-se, telefona, faz carinho, diz coisas ridiculamente lindas ao nosso ouvido, faz surpresas, dá a mão e beijos intermináveis.
Mas a longa convivência vai apagando, aos poucos, o essencial de um relacionamento.
Acostuma-se tanto ao outro que certas coisas perdem o sentido.
Esquece-se do beijo na saída e na chegada. E... de antes de dormir.
Esquece-se do abraço bem apertado que diz tanto sem dizer nada.
Esquece-se de datas importantes e comuns aos dois.
Esquece-se de andar lado a lado.
Esquece-se do te amo, do estou feliz porque tenho você.
Esquece-se do poder de uma flor.
Esquece-se... do namoro!
Fala-se do passado como do bom tempo. Mas... passado!
E as pessoas surpreendem-se por viverem tão afastadas, vivendo juntas.
Um se deita mais cedo, o outro mais tarde; um se levanta, o outro fica. Fazem amor por obrigação.
Culpa de quem? Dos dois. Quando há um problema entre um casal, a culpa é fatalmente dos dois lados.
Uma coisa conduz a outra.
E muitos casais seguem assim. Juntos, apesar de tudo, cada um do seu lado sofre interiormente de solidão. Cada um sonha, secretamente, com emoções esquecidas, com grandes paixões. E ninguém pensa em reacender a brasa. Ninguém pensa em reconquistar o que se tem, justamente porque se tem. Mas há tanto que pode ser feito!
Lembre-se das coisas esquecidas! Lembre-se do início. O que foi mesmo que te conquistou no outro? Inversamente, pense no que foi em você que conquistou o outro coração. Reaviva a chama! Nunca permita que o essencial morra por causa de trabalho, estresse, filhos e atividades extras.
É essencial estar juntos. Mas, mais que isso, amar juntos, de amor inteiro.
É preciso cuidar do amor como se cuida de algo frágil. A pessoa amada não faz parte dos móveis da casa. Cuide dela e cuide-se. Antes que a vida a dois caia no esquecimento.
Não se esqueça de lembrar-se das coisas esquecidas! Amor não é só coisa para os jovens, não.
Paixão faz bem em qualquer idade.
Carinho nunca é demais. Atenção cativa.
Reaprenda a amar aquela pessoa que um dia fez bater seu coração mais forte.
Muitas coisas podem ficar esquecidas. Mas o amor, ele mesmo, nunca se esquece!
Letícia Thompson

QUEM REALMENTE AMA...


Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo...
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos...
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso...
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos...
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem...
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram...
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir...
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi...
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto...
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir...
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam...
Já tive crises de riso quando não podia...
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva...
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse...
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar...
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros... Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros...
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz...
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava...
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade...
Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali"...
Já caí inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais... Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria...
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava...
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo...
Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda...
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram...
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim...
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre...
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração...
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente...
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão...
Sou sempre eu mesmo, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes...
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos...
Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: - E daí? EU ADORO VOAR!

Clarice Lispector

SÍNTESE das ANTÍTESES...


Só temos consciência do belo, Quando conhecemos o feio.
Só temos consciência do bom, Quando conhecemos o mau. Porquanto, o Ser e o Existir, Se engendram mutuamente.
O fácil e o difícil se complementam.
O grande e o pequeno são complementares.
O alto e o baixo formam um todo.
O som e o silêncio formam a harmonia.
O passado e o futuro geram o tempo.
Eis porque o sábio age Pelo não agir, E ensina sem falar, Aceita tudo que lhe acontece Produz tudo e não fica com nada.
O sábio tudo realiza e nada considera seu.
Tudo faz – e não se apega à sua obra.
Não se prende aos frutos da sua atividade.
Termina a sua obra E está sempre no princípio E por isto a sua obra prospera.
Lao Tse

SAWABONA SHIKOBA...


Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o inicio deste milênio. As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor.
O que se busca hoje é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, e não mais uma relação de dependência, em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.
A idéia de uma pessoa ser o remédio para nossa felicidade, que nasceu com o romantismo, está fadada a desaparecer neste início de século.
O amor romântico parte da premissa de que somos uma fração e precisamos encontrar nossa outra metade para nos sentirmos completos.
Muitas vezes ocorre até um processo de despersonalização que, historicamente, tem atingido mais a mulher. Ela abandona suas características, para se amalgamar ao projeto masculino.
A teoria da ligação entre opostos também vem dessa raiz: o outro tem de saber fazer o que eu não sei. Se sou manso, ele deve ser agressivo, e assim por diante. Uma idéia prática de sobrevivência, e pouco romântica, por sinal.
A palavra de ordem deste século é parceria. Estamos trocando o amor de necessidade, pelo amor de desejo.
Eu gosto e desejo a companhia, mas não preciso, o que é muito diferente.
Com o avanço tecnológico, que exige mais tempo individual, as pessoas estão perdendo o pavor de ficar sozinhas, e aprendendo a conviver melhor consigo mesmas. Elas estão começando a perceber que se sentem fração, mas são inteiras. O outro, com o qual se estabelece um elo, também se sente uma fração. Não é príncipe ou salvador de coisa nenhuma. É apenas um companheiro de viagem.
O homem é um animal que vai mudando o mundo, e depois tem de ir se reciclando, para se adaptar ao mundo que fabricou. Estamos entrando na era da individualidade, o que não tem nada a ver com egoísmo.
O egoísta não tem energia própria; ele se alimenta da energia que vem do outro, seja ela financeira ou moral.
A nova forma de amor, ou mais amor, tem nova feição e significado.
Visa a aproximação de dois inteiros, e não a união de duas metades.
E ela só é possível para aqueles que conseguem trabalhar sua individualidade. Quanto mais o indivíduo for competente para viver sozinho, mais preparado estará para uma boa relação afetiva.
A solidão é boa, ficar sozinho não é vergonhoso. Ao contrário, dá dignidade à pessoa.
As boas relações afetivas são ótimas, são muito parecidas com o ficar sozinho, ninguém exige nada de ninguém e ambos crescem.
Relações de dominação e de concessões exageradas são coisas do século passado.
Cada cérebro é único.
Nosso modo de pensar e agir não serve de referência para avaliar ninguém.
Muitas vezes, pensamos que o outro é nossa alma gêmea e, na verdade, o que fizemos foi inventá-lo ao nosso gosto.
Todas as pessoas deveriam ficar sozinhas de vez em quando, para estabelecer um diálogo interno e descobrir sua força pessoal. Na solidão, o indivíduo entende que a harmonia e a paz de espírito só podem ser encontradas dentro dele mesmo, e não a partir do outro. Ao perceber isso, ele se torna menos crítico e mais compreensivo quanto às diferenças, respeitando a maneira de ser de cada um.
O amor de duas pessoas inteiras é bem mais saudável.
Nesse tipo de ligação, há o aconchego, o prazer da companhia e o respeito pelo ser amado.
Nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo...

Caso tenha ficado curioso(a) em saber o significado de SAWABONA, é um cumprimento usado no sul da África quer dizer "EU TE RESPEITO, EU TE VALORIZO, VOCÊ É IMPORTANTE PRA MIM".
Em resposta as pessoas dizem SHIKOBA que é "ENTÃO EU EXISTO PRA VOCÊ".
Flávio Gikovate é médico psicoterapeuta, pioneiro da terapia sexual no Brasil.

ENCONTRAR...


Na ansiedade de ser feliz, tropecei em meus próprios passos.
Acreditei em quem não devia, amei quem não merecia, me importei com quem nem sabia, e me vi na solidão, no abandono cruel que marca a alma.
Desiludi-me com tudo e com todos, pensei até em desistir de ser feliz.
Até que um dia, quando eu menos esperava, encontrei nas minhas experiências, uma motivação, fui me entregando ao prazer de ser útil, dividindo o pouco que eu sabia com quem nada entendia. Alguns eu ensinei a ler e a escrever, emprestei meus ombros para quem só queria ser ouvido, em outros casos banhei incapazes, com feridas expostas, e vi as minhas próprias feridas secarem...
Foi no meio desse trabalho de amor, que encontrei uma pessoa especial, que eu pude ver como era na realidade, sem fantasias, sem sonhos de adolescente sonhadora.
E o meu coração ressequido germinou, de uma pequena semente de carinho brotou o amor, e o amor se fez árvore frondosa, e hoje, juntos, seguimos no mesmo caminho.
Depois de tanto tempo juntos, posso dizer: hoje eu sou feliz!
Tudo partilho, e mesmo tendo pouco, sempre tem alguém com menos, e se posso ajudar, porque não fazer?
Tudo a vida me deu, até um amor!
Tudo descobri em mim, ao seguir uma pequena luz, na hora da maior escuridão da minha vida, eu pude encontrar Jesus.
Que você O encontre também!

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

PODE FALAR...


Diga para alguém especial:
- Você é o ar que eu respiro!
Mas por favor, continue respirando, não vá morrer asfixiado.
Pode falar:
- Você é a razão da minha vida!
Mas por favor, continue vivendo, continue trabalhando, estudando, seguindo seu caminho, pois as contas continuam chegando, com ou sem o seu amor.
Pode jurar:
- Eu nunca mais vou me apaixonar!
Mas deixe o seu coração seguir o seu rumo, deixe a vida apresentar-lhe outras formas de amar.
Quem te magoou já foi, e quem vai te amar de verdade, te fará esquecer qualquer tipo de dor.
Pode apostar!
Pode fazer mil apostas nas loterias, mas por favor, mantenha o foco no trabalho, se você ganhar, ótimo, parabéns, você saberá dar valor, mas, se não ganhar, vai ter como fazer uma nova aposta, e continuar acreditando.
Pode falar o que quiser; mas, saiba que as palavras tem força, e algumas delas são como "bumerangues", você lança longe e logo elas voltam para você.
A vida é muito mais do que o dia de hoje!
É a soma de tudo o que pensamos até aqui, multiplicação dos dias que vivemos e o que fizemos, divididos pelo que desejamos de verdade, subtraído daquilo que deixamos de fazer, e o resultado é o que você vê no seu espelho de casa.
O melhor da vida é você.
Nisso você pode acreditar.

Paulo Roberto Gaefke

ARRUME TEMPO...


Arrume tempo para ser feliz.
É fundamental que você não repare apenas nas flores, mas tenha tempo para cheirar seus odores e apreciar suas cores, e principalmente, disponha de tempo para oferecer uma flor para alguém.
Arrume tempo para a boa musica.
É fundamental que você ouça uma boa música, mas é mais importante ainda, deixar que a música limpe a sua alma, que ela penetre no seu ser e que você viva cada nota.
Arrume tempo para relaxar.
Tenha tempo para se deixar levar pelas coisas simples da vida, como meditar, orar, emocionar se, brincar no parque, andar de patins, de bicicleta ou simplesmente não fazer nada...
Arrume tempo para uma viagem.
Pode ser uma viagem curta, ou longa, tudo depende de sua disposição, tempo e dinheiro, mas o mais importante é ter tempo para curtir a paisagem e não ficar esperando apenas pela chegada ao local.
Arrume tempo para uma boa leitura.
Leia um livro, mas tenha tempo para ler e viajar com os personagens, onde a emoção puder te levar.
Arrume tempo para organizar-se.
É fundamental ter tempo para organizar as suas coisas, mas é fundamental ter um tempo para organizar as suas idéias, seus desejos e reciclar os sonhos.
Sonhos parados são como água estagnada, criam bichos e doenças.
Arrume tempo para a família.
É fundamental criar filhos, namorar (mesmo depois de 30 anos de casados), bater papo com os pais, com os irmãos, com os amigos mais próximos, mas é muito importante que você não guarde mágoas, por isso, a conversa ainda é a melhor resposta contra as dúvidas, dores e separações.
Arrume tempo para Deus.
É fundamental contar com Deus.
Seja qual for a sua crença, seja qual for a sua religião, sem Deus é impossível ser plenamente feliz.
Quanto tempo de sua vida é dedicado a Ele?
Quantos minutinhos você dedica a leitura de um salmo, um versículo, uma passagem da Bíblia para meditar e praticar mudanças.
Quanto de suas decisões tem a opinião de Deus?
Arrume tempo para o amor.
Ame-se!
Ame muito.
Não se importe com as dores e decepções do amor, mais infeliz é aquele que ainda não viveu um grande amor, e todo amor fica enorme, quando você respeita o sentimento que habita em você e existe para te fazer feliz!
A vida em si mesma já é um ato de amor.
Paulo Roberto Gaefke

SIMPLICIDADE...


Simplicidade é a essência de tudo.
É a descoberta da sua capacidade de viver sem depender de muita coisa.
é ser feliz com o que tem, e comemorar o que vier a mais.
Crescer sem atropelar ninguém, evitar a ganância, ser sem precisar exibir uma placa, sem arrogância.
Simplicidade cabe em tudo, nas refeições, onde o alimento é sagrado, Quando comemos prestando atenção,
abençoando o alimento, abençoando quem plantou, criou e preparou.
Simplicidade no vestir, roupas limpas, discretas, que guardam um tesouro, o seu corpo, vaso de Deus.
Simplicidade é uma oferenda.
Uma oferta que você faz para a vida, uma canção eterna de agradecimento.
Quando você descobre que pode ter mais simplicidade, descarta valores ultrapassados, "o ter para poder" a vida fica mais leve, e você deixa de sobreviver, para viver a cada dia, uma nova experiência.
E descobre que Deus em toda a sua grandeza e complexidade, é na verdade simples, o mais puro resumo da simplicidade, Deus é amor e te ama profundamente.
Simples assim!
Paulo Roberto Gaefke

domingo, 11 de janeiro de 2009

ORAÇÃO DO DIA...


“Que hoje haja Paz dentro de mim, que eu possa confiar no poder mais alto que é Deus, pois estou exatamente onde devo estar.
Que seja feita a vontade de Deus nosso Pai. Que eu não me esqueça das possibilidades infinitasque nascem da Fé.
Que eu possa usar essas bênçãos que recebo e possa transmitir o Amor que me é dado.
Que eu possa sentir-me satisfeito sabendo que sou filho de Deus e permita-me Senhor, que Sua presença se estabeleça em meus gestos e dê a minha alma a liberdade para cantar, dançar e aquecer-me na Sua Luz, que está aqui para todos nós.
Assim seja!”.

sábado, 10 de janeiro de 2009

SALVOS DO PASSADO...


Que você viva a modernidade.
Tenha todo o conforto que ela pode produzir.
Mas no seu relacionamento, que viva o hábito do passado, de ser mais do que um tempo, que seja para sempre.
Que você tenha filhos, e eduque-os com a tecnologia.
Mas não se esqueça de participar do crescimento deles, de mostrar as brincadeiras baratas que te fizeram tão feliz,
quando o que valia não era o brinquedo, mas o brincar.
Que seus amigos tenham uma página no Orkut, que te mandem email e deixem scraps para você ler.
Mas não se esqueça que o calor do abraço não se escaneia.
não dá para "atachar" em um email.
Nem os olhos nos olhos, o conforto de uma palavra amiga, podem ser lidos na tela de um micro.
Por isso, de herança boa do passado, carregue o desejo de rever os amigos, de visitar os familiares, de "jogar conversa fora" na sala.
Que você viaje pela Internet, veja os mapas dos satélites, descubra o "Vale dos Reis dos Faraós" sem sair do quarto,
mas nem por sonho, deixe de pegar a estrada, de sentir a brisa da velocidade no rosto, de encantar-se com cada parada, de conhecer gente, lugares e deixar uma marca, a sua marca.
Porque um dia, você deixará este lugar, e mais do que uma memória na página da Internet, você será lembrado pelos amigos que fez e conservou, pelos relacionamentos sinceros que cativou, pelos filhos ou sobrinhos que criou, pela saudade que vai ser a sua marca, marca de quem faz muita falta.
Comemore a vida real!
Beije muito, fale mais, abrace sem medo, visite todo mundo, ande pelas ruas, brinque com seus filhos na praia,
ande descalço no campo, menos roupas, menos compromissos, menos desculpas, menos bites & bytes, mais emoções a flor da pele.
Virtual só a dor, o resto eu te desejo de maneira real e verdadeira.
Seja feliz!
Paulo Roberto Gaefke

O LAÇO E O ABRAÇO...


Meu Deus! Como é engraçado! 
Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço... uma fita dandovoltas. Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula epronto: está dado o laço. É assim que é o abraço: coração comcoração, tudo isso cercado de braço. É assim que é o laço: umabraço no presente, no cabelo, no vestido, em qualquer coisa onde ofaço. E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando...devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço. Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido. E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço. Ah! Então, é assim o amor, a amizade. Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita. Enrosca, segura umpouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora, deixando livre asduas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço afetivo, laço deamizade. E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços. E saemas duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhumpedaço. Então o amor e a amizade são isso... Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam. Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!

Mário Quintana

PALAVRAS QUE REFLETEM VOCÊ...


"As ferramentas do sucesso estão ai a sua disposição: determinação e objetivos concretos removem barreiras, entraves e desculpas."

Se eu te perguntar assim, "na lata", quais são as palavras que você mais tem usado no seu dia a dia, o que você responderia?
Você já parou para examinar o que anda falando?
O que nós falamos, é reflexo direto do que andamos pensando e as situações que estamos vivendo, por isso, quando estamos apaixonados, nossas palavras são doces, melosas, diferente de quando andamos estressados, onde cada palavra precisa até ser medida, pois 90% é de palavrões e reclamações.
Mas, ao contrário do que muita gente pensa, as palavras podem sim, influenciar a nossa vida, a nossa sorte e até a conduta, porque trazem em si mesmas uma força maior que pensamos, afinal de conta, com uma palavra um general pode decretar a morte de um condenado, um romance pode acabar, uma guerra pode começar, vidas podem ser modificadas apenas com uma única palavra.
Por isso, o convite que eu te faço hoje, pode até modificar o seu ano, já que estamos no início dele, reflita nas palavras que você anda usando, preste atenção naquelas que estão sendo repetidas com maior freqüência, você pode acreditar que é, ou está sendo, uma pessoa e na verdade, está passando para o mundo, outra completamente diferente. O seu cérebro pode estar registrando também, situações criadas pelas suas palavras, que acabam condicionando-o às situações negativas.
Por exemplo, para aqueles que adoram falar: "não posso", "é impossível", "comigo nada dá certo", "vai dar errado", "sempre eu", e outras formas negativas de se diminuir, criam dentro de si mesmas um pequeno monstro que vai crescendo, crescendo e acabam virando verdade absoluta.
Quem é você neste momento?
Junte as palavras que você anda falando, e terá a resposta.
Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

VALORIZAÇÃO...


Quando eu não me respeito, não sou eu quem escolhe o que vou receber, eu me sujeito ao que vier.
É como um mendigo que estende a mão, o que derem será bem-vindo.
Quando eu não me valorizo, fico sujeito a análise dos outros, a opinião de "qualquer um" importa, eu fico preso ao que os outros acham, e não saio do lugar.
Quando eu valorizo demais uma pessoa, por mais que eu acredite que é amor, é apenas uma transferência, um medo de viver, que acaba virando medo de perder.
Não se iluda!
Se você não se respeitar, não vai se valorizar.
Respeitar-se é saber dos defeitos, mas mostrar às qualidades.
É dar dignidade para o que você faz, fazer bem feito, não importa o que seja.
O melhor cafézinho, a melhor obra de engenharia, a melhor sessão de psicanálise, o bolo mais gostoso,
a aula mais proveitosa, a roupa mais branca, a varrição de rua perfeita, a administração nota 10.
Renove-se!
A vida pode ser colorida sim!
Depende apenas dos seus olhos!
O emprego pode ser o mesmo, mas você mudou, e tudo vai mudar, até o chefe carrasco, afinal de contas, nada, nada resiste ao amor.
Amor próprio é fundamental!
Paulo Roberto Gaefke

RECONHEÇA-SE...


Reconheça-se capaz de encarar novos desafios, e deixe o Universo conspirar a teu favor.
Reconheça-se capaz de dar muito amor, e deixe o Universo trazer o par perfeito.
Reconheça-se capaz de ultrapassar barreiras, e descruze os braços do esperar.
Reconheça-se capaz de superar dificuldades, e invente alguma nova ação.
Reconheça-se capaz de perdoar, e deixe de uma vez por todas as mágoas passadas.
Reconheça-se como ser inteligente que é, e aprenda uma nova profissão, uma nova língua.
Reconheça-se como ser perfeito, e ignore as deficiências, não crie novos obstáculos.
Reconheça-se merecedor do melhor, e pare de se lamentar, de pedir esmolas.
Reconheça-se como ser humano, e não aceite a humilhação gratuita.
Reconheça-se como filho de Deus, e ame o teu próximo como a ti mesmo. Reconheça que errou, mas não permaneça no arrependimento.
Reconheça que o dia de hoje pode ser o último, faça dele o primeiro dos melhores dias da sua vida.
Reconheça que você nasceu para ser feliz, e brilhe intensamente.
"A vida não aceita desculpas para a nossa acomodação diante do que não gostamos.
Faça alguma coisa de novo, provoque a sorte, mude a sua história."
Paulo Roberto Gaefke

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

RECADO UNIVERSAL...


A mensagem do Universo para você:
-Aproveite a oportunidade de estar aqui!
Sabe o que é isso?
Sabe o que significa estar com saúde?
Você imagina o que é poder se locomover, ainda que em uma cadeira de rodas?
Talvez você não tenha idéia do que é poder enxergar a luz do sol, talvez não tenha se tocada do poder de usar a fala,
de ouvir alguém chamar o seu nome, e responder.
Sei lá, as vezes a vida apresenta dificuldades, e todos, pelo menos uma vez, sentem-se tristes, impotentes, com medo e vontade de desistir.
Mas, isso tem que passar, tem que ser afastado, a vida continua, o dia segue, a noite vem, e já que tudo se move, chega o convite:
Mova-se!
Não espere a felicidade bater à sua porta, não fique esperando ajuda de nenhum lado, nem confie na pessoa que ficou de fazer isso ou aquilo, ela poderá sofrer um impedimento, poderá nem chegar.
Se apareceu uma fruta verde, embrulhe no jornal, aguarde 1 ou 2 dias e ela vai amadurecer.
Paciência é esse dom que se conquista, as vezes na marra, as vezes sem querer.
Tai o recado do Universo para você:
Tudo pode ser modificado, a pedra pode ficar lisa, a montanha cresce,a geleira anda, até você já mudou e não percebeu.
Não acredite no tal do impossível, experimente começar a mudança, e em breve, eu vou ouvir você dizer, acreditei, comecei, mudei, fiz e venci!
Vai, vai ser vencedor na vida!
Paulo Roberto Gaefke

domingo, 4 de janeiro de 2009

POR QUE AS EMPRESAS PREFEREM OS OTIMISTAS...


“Sintonize sua vibração, não há tempo pra viver em vão. E não pense mais em desistir... existe um mundo que só quer te ver sorrir.” Alexandre Carlo

Já houve um tempo em que criticar gerava status. Frases como "não vai dar certo", acompanhadas de um nariz empinado, geravam respeito a quem as proferia e aliviava muitos, afinal, tudo poderia continuar do jeito que estava.
Mas hoje, é possível não mudar? Pense bem: quando um produto tem sucesso, a concorrência copia, adapta, melhora ou vende mais barato.
Assim sendo, temos que estar sempre inovando. Além disso, consumidores e clientes estão sempre atrás de novidades. Precisamos, portanto, criá-las. Pode acontecer ainda que nossa forma de atuar seja destruída do dia para a noite por uma nova tecnologia.
Isto sem falar nos imprevistos que revolucionam nosso planos, que vão desde as crises mundiais até o sucesso de um concorrente.
Assim, as empresas são forçadas a viver em mutação constante.
Mais do que isso, não existe mais uma mudança de "A" para "B", mas sim uma mudança de "A" para alguma coisa que se assemelha a um "B", mas que ninguém sabe ao certo o que será. Já que temos que inovar sempre, não podemos mais eliminar os riscos, precisamos lidar com eles, monitorá-los, administrá-los.
Pois bem, o melhor uso que se pode fazer do pessimismo é usá-lo para evitar o risco, e é por isso que ele foi aceito e valorizado por tanto tempo.
Mas, para administrar o risco, precisamos de um desejo, uma visão, um objetivo e muita garra para chegarmos lá, aconteça o que acontecer (e dá-lhe imprevistos…). É aí que entra o otimismo.
É este estado de espírito - chamado de fé - que nos dá garra, ajuda a geração de idéias, nos torna agradável aos olhos dos outros.
Mas falemos sobre o otimismo de uma forma mais terrena: o economista Eduardo Giannetti, em seu livro Auto-Engano, dá o exemplo da pessoa que adianta seu relógio para não se atrasar. Ela sabe que o relógio está adiantado. Mas finge que não sabe toda vez que lhe é conveniente. Da mesma forma, nunca sabemos no que vai dar um novo projeto, mas imaginarmos que ele vai dar certo influenciará sem dúvida os resultados.
É por isso que hoje, sobrou para o pessimismo o que ele tem de pior: pessimista virou sinônimo de derrotado, a pessoa que não quer tentar pois não confia em sua capacidade, e que torce pelo fracasso dos outros para poder justificar os seus.
Evidentemente, o otimista delirante, que teima em não enxergar os fatos, corre mais riscos do que precisaria, o que a empresa também não quer.
Gisela Kassoy - Consultoria em Criatividade

sábado, 3 de janeiro de 2009

ROTA E DESTINO...


Ao invés de se preocupar com tudo, tente se "ocupar" do que é possível.
O dia já traz bastante ocupação para quem decidiu ser feliz.
Os pequenos problemas, as perdas, os ganhos, tudo pede uma administração correta, uma atitude!
Pronto!
Temos ai uma chave para o sucesso: ATITUDE!
Se você não definir quais são os seus objetivos desde agora, não vai conseguir chegar a lugar nenhum.
Sem um mapa você já sai perdido, sem uma rota traçada vai perder tempo.
Se ficar lamentando o que perdeu, vai deixar de ganhar.
Se remoer o passado e chorar, vai deixar de ver o presente e se alegrar.
Se não tiver alegria, não poderá planejar um futuro, vai deixar a dor te sufocar, o medo te paralisar, e por fim, mais um ano vai escorrer pelos dedos, e aquela sensação horrorosa de "perda", vai tomar conta da sua história.
Enquanto é dia, cuida da lâmpada que irá iluminar a sua noite.
Faça a sua história de sucesso, planeje-se!
Paulo Roberto Gaefke
Ocorreu um erro neste gadget